EXPERIÊNCIA COM O ENSINO REMOTO EM TEMPOS DE PANDEMIA ENTRE ESTUDANTES DE MEDICINA DE UM CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ACRE

Autores

  • Luana Karen Virgino Silva Brandão Centro Universitário Uninorte -UNINORTE/AC
  • Givaldo Machado Júnior Centro Universitário Uninorte -UNINORTE/AC
  • Jaynne Emmanuelly Assis Mendonça Centro Universitário Uninorte -UNINORTE/AC
  • João Carlos Mendes Maia Centro Universitário Uninorte -UNINORTE/AC
  • João Paulo dos Santos Souza Centro Universitário Uninorte -UNINORTE/AC
  • João Víctor Uchôa Gonçalves Pinheiro Centro Universitário Uninorte -UNINORTE/AC
  • Kemmely Maclei Ferreira Melo Centro Universitário Uninorte -UNINORTE/AC
  • Letycia Sampaio Maia Centro Universitário Uninorte -UNINORTE/AC
  • Lívia Diniz Fernandes Centro Universitário Uninorte -UNINORTE/AC
  • Ruth Silva Lima da Costa Secretaria de Estado de Saúde do Acre e Centro Universitário Uninorte

Resumo

O ensino remoto pode ser definido como todo conteúdo produzido, disponibilizado online e ministrado em tempo real pelo professor, em salas de aulas virtuais, sempre seguindo cronogramas adaptáveis do ensino tradicional. Trata-se de um estudo descritivo, tipo relato de experiência, cujo objetivo é evidenciar a experiência de acadêmicos do curso de medicina de um Centro Universitário do Acre frente as aulas virtuais. Os resultados demostraram que na percepção dos estudantes, a metodologia de ensino remoto, apesar de não ser o método ideal de ensino, tornou-se a alternativa mais viável para a continuidade das aulas durante a pandemia de Covid-19. As principais dificuldades relatadas foram a conexão com a internet, o fato de conciliar as aulas no ambiente familiar e a dificuldade de concentração, uma vez que o ambiente domiciliar apresenta muitas distrações. Foi relatado ainda o cansaço em acompanhar aulas com uso do smartphone, e dificuldades para navegabilidade no ambiente virtual de aprendizagem, o que exigiu deles foco e disciplina, além da necessidade de se resignificarem frente as mudanças. Por fim, evidenciou-se que apesar das dificuldades ocorridas frente a essa modalidade de ensino, o momento foi desafiador, porém enriquecedor para a prática pedagógica, pois além de possibilitar a aprendizagem, foi possível ainda o estabelecimento de vínculos entre os envolvidos no processo.

Palavras-chave: Epidemia por Novo Coronavírus 2019. Estudantes de Medicina. Aula

Referências

WHO. Organização Mundial de Saúde. Histórico da pandemia de COVID-19 - OPAS/OMS | Organização Pan-Americana da Saúde. Paho.org. Disponível em: <https://www.paho.org/pt/covid19/historico-da-pandemia-covid-19>. Acesso em: 24 de maio de 2021.

HARAPAN, Harapan et al. Coronavírus disease 2019 (COVID-19): A literature review. Journal of infection and public health, v.13, n.5, p. 667-673, 2020.

DA SILVA, Ellery Henrique Barros; DA SILVA NETO, Jerônimo Gregório; DOS SANTOS, Marilde Chaves. Pedagogia da pandemia: reflexões sobre a educação em tempos de isolamento social. Revista Latino-Americana de Estudos Científicos, p. 29-44, 2020.

BEHAR, Patricia Alejandra. O ensino remoto emergencial e a educação à distância. Jornal da Universidade, v. 14, n. 08, 2020

BEZERRA, Italla Maria Pinheiro. Estado da arte sobre o ensino de enfermagem e os desafios do uso de tecnologias remotas em época de pandemia do Coronavírus. Revista Brasileira de Crescimento e Desenvolvimento Humano, v. 30, n. 1, p. 141-147, 2020.

COSTA, Ruth Silva Lima da et al. Assistência de enfermagem em tempos de Covid-19 via atendimento remoto: Relato de experiência. In: ZAN, Renato André et al. Tecnologias digitais e inovação: desafio da educação e saúde em tempos de Covid-19. 2020. Rio Branco- Acre: Editora Stricto Sensu, p. 48-59, 2020.

RIO BRANCO, Prefeitura Municipal de Rio Branco. Decreto nº 196 de 17 de março de 2020. Dispõe sobre medidas temporárias a serem adotadas, no âmbito do município frente a pandemia do Coronavírus. Rio Branco, 2020.

SIMÃO, JPS; CARVALHO, T. J.; ROCHADEL, W. Experimentação Remota e a Construção do Conhecimento no Processo de Aprendizagem. Engenharia da Computação–Teoria Geral de Sistemas. 2013. Tese de Doutorado.

DOS SANTOS COELHO, Karine et al. O processo de inserção do ambiente virtual de aprendizagem e da experimentação remota no Ensino de Física do Ensino Médio. Anais do Simpósio Ibero-Americano de Tecnologias Educacionais, p. 168-176, 2017.

AVELINO, Wagner Feitosa; MENDES, Jessica Guimarães. A realidade da educação brasileira a partir da COVID-19. Boletim de Conjuntura (BOCA), v. 2, n. 5, p. 56-62, 2020.

BARRETO, Andreia Cristina Freitas; ROCHA, Daniele Santos. COVID 19 e Educação: resistências, desafios e (im) possibilidades. Revista Encantar-Educação, Cultura e Sociedade, v. 2, p. 01-11, 2020.

CUNHA, Leonardo Ferreira Farias da; SILVA, Alcineia de Souza; SILVA, Aurênio Pereira da. O ensino remoto no Brasil em tempos de pandemia: diálogos acerca da qualidade e do direito e acesso à educação. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, Brasília, v. 7, n. 3, p. 27-37, ago. 2020.

GOMES, Vânia Thais Silva et al. A pandemia da covid-19: repercussões do ensino remoto na formação médica. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 44, n. 4, 2020.

SILVA, Joselma; GOULART, Ilsa do Carmo Vieira; CABRAL, Giovanna Rodrigues. Ensino remoto na educação superior: impactos na formação inicial docente. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, p. 407-423, 2021.

MEZZARI, Adelina. O uso da Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) como reforço ao ensino presencial utilizando o ambiente de aprendizagem Moodle. Revista brasileira de educação médica, v. 35, n. 1, p. 114-121, 2011.

GAL-IGLESIAS, Beatriz; BUSTURIA-BERRADE, I. de; GARRIDO-ASTRAY, María Concepción. Nuevas metodologías docentes aplicadas al estudio de la fisiología y la anatomía: estudio comparativo con el método tradicional. Educación médica, v. 12, n. 2, p. 117-124, 2009.

Downloads

Publicado

2021-08-31