TRÁFICO INTERNACIONAL DE MULHERES PARA FINS DE EXPLORAÇÃO SEXUAL: Uma Forma Moderna de Escravidão

Jessyca Stefani Ferreira da Silva, Luciane Lima Costa e Silva Pinto

Resumo


A escravidão existe desde os tempos antigos, no entanto, esperava-se que com a modernidade e os direitos humanos esse flagelo ficasse no passado. Analisar a história e a legislação, bem como os dados atuais verificando o que o Estado de Rondônia tem feito para combater esse crime. É uma pesquisa básica, qualitativa e quantitativa, a partir de revisão da literatura e dos dados disponíveis, objetivando gerar conhecimentos sobre o tráfico de mulheres. O tráfico de pessoas é um dos negócios ilegais mais rentáveis do mundo, perdendo apenas para drogas e de armas. A Idade Média, cujo pensamento dominante era de que a mulher era um ser inferior passível de captura, venda ou troca, parece persistir. O tráfico internacional de mulheres para fins de exploração sexual é uma pratica rotineira, poucas são as políticas públicas para evitar e combater esse que é um dos piores crimes contra a humanidade.

 

Palavras-chave: Tráfico. Mulheres. Exploração. Sexual. Humanos


Texto completo:

PDF

Referências


ONU BRASIL. Tráfico de seres humanos e a escravidão dos tempos modernos afirma relatora da ONU. Disponível em: https://nacoesunidas.org/trafico-de-seres-humanos-e-aescravidao-dos-tempos-modernos-afirma-relatora-da-onu/. Acesso em: 19 jun. 2019.

ALBERTON, Mariza Silveira. Violação da Infância: Crimes Abomináveis . 1. ed. Porto Alegre/RS: Age, 2005. p. 141.

ONU. Número de casos de tráfico de pessoas atinge recorde em 13 anos, indica relatório. Disponível em: https://nacoesunidas.org/numero-de-casos-de-trafico-de-pessoas-atingerecorde-em-13-anos-indica-relatorio. Acesso em: 7 out. 2019.

CAMPOS, Flavia Emilia. Tráfico internacional de mulheres para fins de exploração sexual. Jus.com.br, Brasilia/DF, v. 1, n. 1, p. 1, abr./2017. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2019.

OLIVEIRA, M. C. L. D. O tráfico internacional de mulheres para fins de exploração sexual na tríplice fronteira: Brasil, Argentina e Paraguai. Docplayer, Florianópolis, v. 1, n. 1, p. 13- 13, dez./2016. Disponível em: . Acesso em: 5 abr. 2019.

SOUZA, M. C. D. O Tráfico Internacional de Mulheres para Fins de Exploração Sexual: Prevenção, Assistência, Repressão e Punição em Fortaleza, Ceará. Uni7, Fortaleza, v. 1, n. 1, p. 1-16, jun./2011. Disponível em: . Acesso em: 20 ago. 2019.

MATIAS, Francisco. Formação Histórica e Econômica de Rondônia: Do século XVI ao século XXI. 3. ed. Porto Velho/RO: Idam, 2010. p. 25-82.

BRASIL, Ministério Da Justiça; CRIME, E. D. N. U. S. D. E; DESENVOLVIMENTO, P. D. N. U. P. O. Relatório Nacional Sobre o tráfico de Pessoas: Dados 2014 a 2016. 6. ed. [S.l.]: Brasilia, 2017

HUMAN RIGHTS WATCH. Venezuela: Crise Humanitária Alastra-se para o Brasil. Disponível em: https://www.hrw.org/pt/news/2017/04/18/302397. Acesso em: 6 out. 2019.

G1 ACRE. Meninas do AC são resgatadas em RO e possível rede de exploração sexual é alvo de investigação. Disponível em: https://g1.globo.com/ac/acre/noticia/2019/07/19/meninas-do-ac-sao-resgatadas-em-ro-epossivel-rede-de-exploracao-sexual-e-alvo-de-investigacao.ghtml

GADELHA, A. E. M. D. O Tráfico de Pessoas Sob a Ótica da Lei 13.344/2016: Um Reflexo do Protocolo de Palermo no Ordenamento Jurídico Penal Brasileiro. Semana Acadêmica , Brasília, v. 1, n. 126, p. 1-15, jul./2018. Disponível em: . Acesso em: 9 abr. 2019.

USBRASIL. Art. 3 Decreto 5017/04. Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/topicos/10970102/artigo-3-do-decreto-n-5017-de-12-de-marcode-2004.

PORTAL DA LEGISLAÇÃO. Protocolo Adicional à Convenção das Nações Unidas Contra o Crime Organizado Transnacional Relativo Prevenção, Repressão e Punição do Tráfico de Pessoas, em Especial Mulheres e Crianças. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2004/Decreto/D5017.htm. Acesso em: 1 mai. 2019.

ONU BRASIL. No primeiro Dia Internacional contra o Tráfico de Pessoas, ONU pede fim da exploração de vidas humanas. Disponível em: https://nacoesunidas.org/no-primeiro-diainternacional-contra-o-trafico-de-pessoas-onu-pede-o-fim-da-exploracao-de-vidas-humanas/. Acesso em: 16 out. 2019.

BRASIL, M. D. J; JUSTIÇA, S. N. D; PESSOAS, C. D. E. A. T. D. Tráfico de Pessoas Uma Abordagem Para os direitos Humanos. 1. ed. Brasília: [s.n.], 2013. p. 44-109.

PENA, Rodolfo F. Alves. "Boko Haram"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/boko-haram.htm. Acesso em 04 de mar. 2019

MARCO, 2015 apud FERREIRA, 2019, p. 9

ONU NEWS. Países identificam mais vítimas de tráfico e condenam traficantes. Disponível em: https://news.un.org/pt/story/2019/01/1657422. Acesso em: 6 mar. 2019.

FERREIRA, Lorena Rodrigues. Tráfico internacional de mulheres para fins de exploração sexual. UniCeub, Brasília, v. 1, n. 1, p. 6, jun./2019. Disponível em: . Acesso em: 24 ago. 2019.

MARTINS, 2015,apud, FERREIRA, 2019, p. 6.

Silva de Oliveira, Adrielle Fernanda. Tráfico Internacional de Pessoa para fim de Exploração Sexual. 2011, p. 31. Trabalho de conclusão de curso (Monografia) – Curso de Direito, Faculdades Integradas “Antônio Eufrásio De Toledo”, Presidente Prudente.

BRASIL. Ministério da Justiça. Disponível em: https://www.justica.gov.br/news/collective-nitf-content-1564500407.99. Acesso em: 25 Abr.2020.

DIAS, Cláudia. S. D. C. Tráfico de Pessoas Para Fins de Exploração Sexual. 1. ed. Brasília: OIT, 2005. p. 45-50.

LEAL, Maria Lúcia; LEAL, M. D. F. Pesquisa sobre Tráfico de Mulheres, Crianças e Adolescentes para fins de Exploração Sexual Comercial no Brasil. 1. ed. Brasília: CECRIA, 2002. p. 35-169.

ONU BRASIL. Em dia mundial, chefe da ONU pede prioridade para os direitos das vítimas de tráfico humano. Disponível em: https://nacoesunidas.org/em-dia-mundial-chefeda-onu-pede-prioridade-para-os-direitos-das-vitimas-de-trafico-humano/. Acesso em: 10 out. 2019.

BRASIL; JUSTIÇA, Ministério Da. Pesquisa ENAFRON: Diagnóstico Sobre Tráfico de Pessoas nas Áreas de Fronteira. 1. ed. Brasília: [s.n.], 2013. p. 64-223.

DIÁRIO DA AMAZÔNIA. Projeto cria semana voltada à mulher, em Rondônia. Disponível em: https://www.diariodaamazonia.com.br/projeto-cria-semana-voltada-mulherem-rondonia/. Acesso em: 19 out. 2019.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Associado à ABEC