OS EFEITOS CLÍNICOS DA DRENAGEM LINFÁTICA MANUAL E SUA APLICABILIDADE: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Maria José de Araújo Chaves, Thais Blaya Leite Gregolis

Resumo


Introdução: A drenagem linfática manual (DLM) consiste em manobras específicas aplicadas sobre a pele, atuando diretamente no sistema linfático, auxiliando na remoção e reabsorção dos excessos de líquidos presentes nos espaços intersticiais. Sua indicação está entre as mais variadas, sendo elas: redução de edemas, linfedemas de causas pós-traumáticas, pós-operatórias, distúrbios circulatórios de procedência venosa ou linfática e de diversas naturezas. Objetivo: Este artigo busca verificar os efeitos clínicos da drenagem linfática manual e sua aplicabilidade em diversas situações de saúde. Método: Esta pesquisa trata-se de uma revisão de literatura, do tipo narrativa, realizada à partir de publicações encontradas em bases de dados e para sua realização usaram-se os seguintes descritores: “sistema linfático”, “edema” e “massagem” e as publicações utilizadas foram publicadas no período de 2004 a 2017. Resultados: A técnica de drenagem linfática manual constitui-se numa ferramenta importante no tratamento de sintomas e até de algumas doenças. Porém seu efeito no meio estético de forma isolada necessita ser melhor esclarecido.

Descritores: Sistema linfático. Edema. Massagem.

Texto completo:

PDF

Referências


REBELLO, P. C.; MEJIA, D. P. M. Benefícios da drenagem linfática manual em paciente com edema de membros inferiores no sétimo mês gestacional. Faculdade Ávila. Disponível em: Acesso em: 14 Ago. 2017.

TACANI, R; TACANI, P. Drenagem linfática manual terapêutica ou estética: existe diferença? Revista Brasileira de Ciências da Saúde, ano III, nº 17, p. 71-77, 2008.

TACANI, R. E; TACANI, P. M; LIEBANO, R. E. Intervenção fisioterapêutica nas sequelas de drenagem linfática manual iatrogênica: relato de caso. Fisioterapia e Pesquisa, v.18, n.2, p. 188-94, 2011. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/fp/v18n2/15.pdf Acesso em: 15 Dez. 2017.

KUMAR, V.; ABBAS, A.; ASTER, J. Robbins & Cotran, patologia: bases patológicas das doenças. 9. ed. Rio de Janeiro: ELSEVIER, 2016.

SILVESTRE, C. P.; ZANON, C. S. Uso do ultra-som associado com a drenagem linfática manual no tratamento do fibro edema gelóide. Ágora: Revista de divulgação científica. v. 16, n. 2, p. 93-104, 2009. Disponível em: http://www.periodicos.unc.br/index.php/agora/article/viewFile/31/139. Acesso em: 18 Nov. 2017.

BRANDÃO, D. S. M. et al. Avaliação da técnica de drenagem linfática manual no tratamento do fibro edema gelóide em mulheres. ConScientiae Saúde. v. 9, n. 4, p. 618-624, 2010.

SCHONVVETTER, B.; SOARES, J. L. M.; BAGATINA, E. Longitudinal evaluation of manual lymphatic drainage for the treatment of gynoid lipodystrophy. Anais Brasileiros de Dermatologia. v. 89, n. 5, p. 712-718, 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0365-05962014000500712. Acesso em: 12 Dez. 2017.

SARRI, A. J. Otimização da circulação linfática em pacientes pós linfadenectomia radical axilar recente por meio da estimulação linfonodal avaliada pela linfocintilografia. 2009. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Medicina de Botucatu, Universidade Estadual Paulista, Botucatu, São Paulo.

CRISÓSTOMO, R. S. S. Manual lymphatic drainage in Chronic venous disease. 2014. Tese (Doutorado) – Universidade de Lisboa, Faculdade de Motricidade Humana. Lisboa, Portugal. Disponível em: https://repositorio.ipcb.pt/bitstream/10400.11/2657/1/Tese_Manual_Lymphatic_Drainage_in_Chronic_Venous_Disease%20%281%29.pdf. Acesso em: 18 Nov. 2017.

CRISÓSTOMO, R. S. S. et al. Influence of Manual Lymphatic Drainage on Health-Related Quality of Life and Symptoms of Chronic Venous Insufficiency: A Randomized Controlled Trial. Archives of Physical Medicine and Rehabilitation.v. 96, n. 2, p. 283-291, 2015.

TANNÚS, A. C. L. Efeitos do ultra-som e da drenagem linfática manual na absorção das sufusões hemorrágicas após safenectomia radical. 2010. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, Minas Gerais. Disponível em: https://repositorio.ufu.br/bitstream/123456789/12684/1/ana.pdf. Acesso em: 27 Fev. 2018.

COUTINHO, M. M. et al. A importância da atenção fisioterapêutica na minimização do edema nos casos de pós-operatório de abdominoplastia associada à lipoaspiração de flancos. Revista Fisioterapia Ser. ano I, n. 4, 2006.

SCASNI, K. R. Avaliação da drenagem linfática manual e cinesioterapia no período pós-operatório de linfadenectomia inguinal em mulheres com neoplasia de vulva. 2004.Dissertação (Mestrado) – Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Médicas, São Paulo.

FERREIRA, T. R. R. Drenagem Linfática Manual no pós-operatório de Enxerto Ósseo Alveolar: uma nova abordagem para redução do edema facial. 2010. Dissertação (Mestrado) – Hospital de reabilitação de anomalias Craniofaciais, Universidade de São Paulo, Bauru, SP. Disponível em http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/61/61132/tde-29072010-104318/en.php.Acesso em: 31 Jan. 2018.

ZANELLA, B. I.; RUCKL, S.; VOLOSZIN, M. A importância da drenagem linfática manual no pós-operatório da abdominoplastia. Rev. Lit. 2011. Disponível em:http://siaibib01.univali.br/pdf/Betina%20Zanella,%20Suelen%20Ruckl.pdf Acesso em: 14 Out. 2017.

EBERT, J. R. Randomized Trial Investigating the Efficacy of Manual Lymphatic Drainage to Improve Early Outcome After Total Knee Arthroplasty. Archives of Physical Medicine and Rehabilitation. v. 94, n. 11, p. 2103-2111, 2013. Disponível em: https://www.archives-pmr.org/article/S0003-9993(13)00461-9/fulltext. Acesso em: 17 Mar. 2018.

PALAZZIN, E. P. et al. Efeito da drenagem linfática manual sobre a glicemia e a glicose urinária em pacientes com diabetes mellitus do tipo 1: estudo preliminar. Scientia Medica. v. 22, n. 2, p. 97-101, 2012. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/288436245_Effect_of_lymphatic_drainage_on_blood_and_urinary_glucose_in_patients_with_type_1_diabetes_mellitus_Preliminary_study. Acesso em: 25 Jan. 2018.

LONGO, C. et al. Trattamento non convenzionale della cefalea tensiva cronica com drenaggio linfático manuale. Recenti progressi in medicina. Itália, v. 97, n. 9, 2006.

BONGI, S. M. et al. Manual Lymph Drainage Improving Upper Extremity Edema and Hand Function in Patients With Systemic Sclerosis in Edematous Phase. Arthritis Care & Research. v. 63, n. 8, p. 1134–1141, 2011. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1002/acr.20487. Acesso em: 08 Mar. 2018.

DUMAN, I. et al. The efficacy of manual lymphatic drainage therapy in the management of limb edema secondary to refex sympathetic dystrophy. Department of Physical Medicine and Rehabilitation, Gulhane Military Medical Academy v. 29, p. 759-763, 2009.

FERREIRA, J. J. et al. Drenagem linfática manual nos sintomas da síndrome pré-menstrual: estudo piloto. Rev. Fisioterapia e Pesquisa, São Paulo, v.17, n.1, p.75-80, 2010. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/fp/v17n1/14.pdf. Acesso em: 12 Fev. 2018.

MACEDO, F. B. et al. Efeitos da drenagem linfática manual no edema pré-menstrual. XV Encontro Latino Americano de Iniciação Científica e XI Encontro Latino-Americano de Pós-Graduação – Universidade do Vale do Paraíba, 2011. Disponível em: . Acesso em: 14 Nov. 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Associado à ABEC