CONSEQUÊNCIAS DO USO DE ÁLCOOL E CIGARRO SOBRE O BINÔMIO MÃE-FETO

Alesandro Lima Rodrigues, Denisa Rosa de Souza, Jovane de Lima Borges

Resumo


Introdução: O uso de álcool e cigarro é um grave problema de ordem social e de saúde em nossa sociedade. Na gravidez, o uso destas substâncias é certamente associado a elevados riscos para a saúde materna e fetal. Objetivo: Descrever as consequências do uso de álcool e cigarro sobre o organismo do binômio mãe-feto. Método: Optou-se pela revisão de literatura básica descritiva como método de investigação, foram utilizados livro bibliográfico, manuais do Ministério da Saúde, dados de site governamental ligados à Saúde e artigos disponibilizados na internet com publicação entre os anos de 2004 e 2018. Os artigos científicos foram selecionados nas bases de dados da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) e no buscador acadêmico (Google acadêmico) com os descritores “Álcool na gestação”, “Gestação e cigarro” e “Consequências do uso de álcool e cigarro na gestação”. Logo, a amostra final foi composta por 25 publicações. Resultados: Verificou-se que uso de álcool e cigarro na gestação traz consequências perinatais e fetais ao binômio, como vasoconstrição placentária, aborto, descolamento de placenta, doenças cardiovasculares, malformações congênitas, menor aporte de oxigênio e nutrientes, síndrome alcoólica fetal e déficit de crescimento. Considerações Finais: Conclui-se que nos últimos anos o uso de álcool e cigarro tornou-se assunto de saúde pública global devido as suas implicações sobre o binômio. O uso pela gestante traz complicações diversas para si e para o concepto, cabendo aos profissionais de saúde da atenção primária a responsabilidade de conscientizar essa população sobre as consequências de seu uso sobre a gestação.

 Palavras-chave: Álcool na gestação. Gestação e cigarro. Consequências.


Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS

BRASIL, Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas. Drogas: cartilha sobre maconha, cocaína e inalantes. 2. ed. Brasília: Ministério da Justiça, Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, 2011. Disponível em: < http://www.justica.gov.br/central-de-conteudo/politicas-sobre-drogas/cartilhas-politicas-sobre-drogas/cartilhasobremaconhacocainainalantes.pdf >. Acesso em: 06 fev. 2018.

NASCIMENTO, C. E. S. et al. Dependência ao Crack: pensando nos cuidados de enfermagem. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online, Rio de Janeiro, v. 2 [E.S], p. 948-951, 2011. Disponível em: < http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/1192 >. Acesso em: 06 fev. 2018.

LOPES, T. D.; ARRUDA, P. P. As repercussões do uso abusivo de drogas no período gravídico/puerperal. Saúde e Pesquisa, v. 3, n. 1, 2010. Disponível em: . Acesso em: 07 mar. 2018.

MARANGONI, S. R.; OLIVEIRA, M. L. F. Fatores desencadeantes do uso de drogas de abuso em mulheres. Texto Contexto Enfermagem, v. 22, n. 3, p. 662-70, 2013. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/tce/v22n3/v22n3a12 >. Acesso em: 28 fev. 2018.

YABUUTI, P. L. K.; BERNARDY, C. C. F. Perfil de gestantes usuárias de drogas atendidas em um centro de atenção psicossocial. Revista Baiana de Saúde Pública, v. 38, n. 2, p. 344-356, 2014. Disponível em: < http://files.bvs.br/upload/S/0100-0233/2014/v38n2/a4393.pdf. >. Acesso em: 28 fev. 2018.

FREIRE, T. M. et al. Efeitos do consumo de bebida alcoólica sobre o feto. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, Rio de Janeiro, v. 27, n. 7, p. 376-381, 2005. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2018.

PACCOLA, C. C.; PAULINO, C. A. Contribuição ao estudo dos efeitos do cigarro durante a gestação e suas implicações para o feto e o neonato. Pediatria moderna, v. 43, n. 3, p. 137-143, 2007. Disponível em: < http://pesquisa.bvsalud.org/brasil/resource/pt/lil-469684 >. Acesso em: 28 fev. 2018.

LUCCHESE, R. et al. Fatores associados ao uso nocivo do tabaco durante uma gestação. Acta paulista de enfermagem, São Paulo, v. 29, n. 3, p. 325-331, junho de 2016. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_isoref&pid=S0103-21002016000300325&lng=en&tlng=pt >. Acesso em: 28 fev. 2018.

COSTA, D. O. et al. Consumo de álcool e tabaco por gestantes assistidas na estratégia de saúde da família. Revista Eletrônica Gestão & Saúde, [S.l.], v. 5, n. 3, p. pag. 934-948, abr. 2014. Disponível em: . Acesso em: 07 mar. 2018.

SOARES, M. F.; GONÇALVES, F. E.; CUNHA, R. G. Drogas de abuso e suas implicações nas gestantes/fetos. NBC-Periódico Científico do Núcleo de Biociências, v. 2, n. 04, p. 20-30, 2012. Disponível em: < http://www3.izabelahendrix.edu.br/ojs/index.php/bio/article/view/378/331 >. Acesso em: 07 mar. 2018.

MARANGONI, S. R. et al. Perfil Sociodemográfico das Mulheres Usuárias de Álcool e Outras Drogas na Gravidez. Revista Uningá Review, [S.l.], v. 30, n. 3, jan. 2018. ISSN 2178-2571. Disponível em: < http://revista.uninga.br/index.php/uningareviews/article/view/2034 >. Acesso em: 05 mar. 2018.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria Executiva. Coordenação Nacional de DST/Aids. A Política do Ministério da Saúde para atenção integral a usuários de álcool e outras drogas. Brasília: Ministério da Saúde, 2003. http://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2015/marco/10/A-Pol--tica-do-Minist--rio-da-Sa--de-para-Aten----o-Integral-ao-Usu--rio-de---lcool-e-Outras-Drogas--2003-.pdf. Acesso em: 08 fev. 2018.

MAIA, J. A.; PEREIRA, L. A.; DE ALCÂNTARA MENEZES, F. Consequências do uso de drogas durante a gravidez. Revista Enfermagem Contemporânea, v. 4, n. 2, 2015. Disponível em: < https://www5.bahiana.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/664/540 >. Acesso em: 05 mar. 2018.

GRINFELD, H. Consumo nocivo de álcool durante a gravidez. In: ANDRADE, A. G; ANTHONY, J. C; SILVEIRA; C. M. Álcool e suas consequências: uma abordagem multiconceitual. Barueri, São Paulo: Minha Editora; 2009. p. 179-99.

FERREIRA, B. R. M.; MIRANDA, J. K. S. As complicações causadas pelo consumo de drogas lícitas e ilícitas durante a gestação: um desafio para a equipe de enfermagem. Revista Recien-Revista Científica de Enfermagem, v. 6 n. 18, p. 36-43, 2016. Disponível em: . Acesso em: 05 mar. 2018.

SANTOS, J. N. et al. A orientação de enfermagem a gestantes que fazem uso de álcool e tabaco. Revista Recien-Revista Científica de Enfermagem, v. 4, n. 10, p. 5-11, 2014. Disponível em: < http://www.recien.com.br/index.php/Recien/article/view/63/122 >. Acesso em: 12 mar. 2018.

TEIXEIRA REIS, A.; CAVALCANTI GAMA, V.; DA SILVA SANTOS, R. Síndrome Alcoólica Fetal: Reflexões para a Prática de Enfermagem Obstétrica e Neonatal. Revista de Pesquisa Cuidado é Fundamental Online, v. 2, n. 4, p.1488-94, 2010. Disponível em: < http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=505750833029 >. Acesso em: 12 mar. 2018.

DOS ANJOS MESQUITA, M. Efeitos do álcool no recém-nascido. Revista Einstein, São Paulo, v. 8, n. 3. p. 368-75, 2010. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/eins/v8n3/pt_1679-4508-eins-8-3-0368.pdf > . Acesso em: 28 fev. 2018.

YAMAGUCHI, E. T. et al. Drogas de abuso e gravidez. Revista de psiquiatria clínica, São Paulo , v. 35, supl. 1, p. 44-47, 2008 . Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/rpc/v35s1/a10v35s1.pdf >. Acesso em: 28 fev. 2018.

LEOPÉRCIO, W.; GIGLIOTTI, A. Tabagismo e suas peculiaridades durante a gestação: uma revisão crítica. Jornal Brasileiro de Pneumologia, v. 30, n. 2, p. 176-85, 2004. Disponível em:< http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-37132004000200016 >. Acesso em: 28 fev. 2018.

BRASIL, Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Mulheres gastam 12% do salário com cigarros [Internet]. 2010 Mar. Disponível em: < http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/comunicacaoinformacao/site/home/sala_imprensa/releases/2010/dia_mundial_sem_tabaco_2010>. Acesso em: 05 mar. 2018.

BRASIL, Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Gravidas fumantes: Os malefícios do cigarro na gestação [Internet]. 2016 Mar. Disponível em:

http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/agencianoticias/site/home/noticias/2016/gravidas-fumantes-os-maleficios-do-cigarro-na-gestacao >. Acesso em: 05 mar. 2018.

BRASIL. Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva - INCA. Programa Nacional de Controle do Tabagismo. Tabagismo conceito. Disponível em: < http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/acoes_programas/site/home/nobrasil/programa-nacional-controle-tabagismo/tabagismo>. Acesso em: 12 mar. 2018.

SANTOS, H. T. S. et al. Os malefícios do uso do tabaco na gestação e suas complicações ao feto. Revista de enfermagem da UFPE, v. 9, p. 9978-82, 2015. Disponível em: < https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/viewFile/10796/11958 >. Acesso em: 12 mar. 2018.

MOTTA, Kaynara Maria Chenini; LINHARES, Maria Beatriz Martins. Perfil das Gestantes Usuárias de Álcool/Drogas e os Efeitos na Saúde e Desenvolvimento dos Filhos. Revista Interação em Psicologia, Curitiba, v. 19, n. 1, p. 133-44, 2016. Disponível em: . Acesso em: 12 mar. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Associado à ABEC